Site Fraudulento – Outubro 2020


Sempre que recebes um aviso que um site é fraudulento já sabes que não é seguro entrar… E, por isso, nem tentas…

Então, e se fosse o teu site que tivesse sido considerado fraudulento? O que fazias?

Bem, isto foi o que me aconteceu recentemente…

Alguns dos nossos links foram considerados fraudulentos e quando nos apercebemos disto, eu e a minha equipa, soamos um bocadinho… Não te vou esconder isso…

Afinal, eram os links onde os nossos e-books estavam alojados e, com eles em baixo, significava que não estávamos a recolher leads….

E como tu já sabes, a lista é o maior activo que temos, por isso, parar de recolher leads significa que não estávamos a construir a nossa lista…

Consegues imaginar como fiquei…

Nesta altura já te deves estar a perguntar:

“Mas o que é que fizeste para que isso acontecesse?”

Nada!

Não mudei nada…

Não introduzi nada….

Não acrescentei nada…

Então o que é que aconteceu?

O Google fez uma pequena borrada!

Fizeram uma pequena alteração no algoritmo que despoletou este aviso de “Site Fraudulento”.

E claro que era um aviso ERRADO! (Pelo menos no nosso caso :))
 
 

O que é que leva o Google a considerar um site fraudulento?

O Google possui uma série de mecanismos que pretendem que te sintas seguro ao navegar online e, por isso, há 3 tipos de ameaças que fazem com que o Google despolete avisos de insegurança.

Claro que toda esta classificação é feita por um automatismo….

Não haveria pessoas suficientes para verificarem todos os sites 🙂

Quais são estes 3 tipos de ameaças:

Malware: Desde 2006 que o Google faz este tipo de alerta quando desconfia que o site em questão possui um software que foi especificamente desenhado para causar dano a um dispositivo, ao software ou ao utilizador.

Unwated Software: Em 2014 o Google elevou a segurança contra tecnologia considerada indesejada. Por exemplo: programas disfarçados de downloads úteis, ou programas que irão mudar a nossa página inicial ou efectuar outras alterações nas nossas configurações do navegador.

Social Engineering: Esta categoria já existe desde 2005, ou seja, é a categoria mais antiga… As páginas que recebem esta classificação são páginas que enganam as pessoas de maneiras a recolherem dados que normalmente estes não cederiam. O exemplo mais comum é Phishing, onde uma página é usada para tentar roubar informação pessoal e passwords do utilizador. E acredita que, segundo os dados do Google, este é um fenómeno que tem vindo a crescer…

E o nosso site caía mesmo dentro desta classificação….

Ora, se já fizeste o download de um dos nossos e-books, sabes que informação recolhemos:

  • Nome
  • E-mail

Ou seja, apenas a informação necessária que precisamos para construir a nossa lista…

Podes descobrir mais sobre estas classificações e os avisos de sites fraudulentos emitidos pela Google e sobre a sua política de Navegação Segura, nestes dois links que te deixo aqui:

 

Assistência da Google

Bem, mas não percebíamos bem o que tinha acontecido para o nosso site ter sido considerado fraudulento!

Quer dizer, depois percebemos…

Houve ali umas alterações no algoritmo….

Afinal, nem o Google está isento de fazer borrada! 🙂

Mas tínhamos de resolver a situação….

Ou seja, tínhamos de pedir uma revisão manual do nosso site…

E vamos lá ver… O serviço de assistência da Google não tem a fama de ser rápido…

Mas é a única coisa a fazer nestes casos 🙂

Para fazeres este pedido basta clicares aqui.

Colocas o teu link, e explicas a situação e passado alguns dias eles libertam o site se tiver tudo ok…

Foi o que aconteceu connosco! 🙂

Mas demorou mais ou menos uma semana ou semana e meia para que todos os nossos links fossem LIBERADOS!
 

A importância da tua lista

E isto é algo que pode acontecer a todos…

Sim, não é algo que os experts estão isentos… 🙂

Basta acontecer alguma mudança que, por vezes, traz estes inconvenientes…

Por isso é que é tão importante que não estejas totalmente dependente das plataformas de outras empresas e que tenhas a tua lista.

Lembra-te sempre que ela é o teu maior activo!

Ainda assim, muitas vezes oiço empreendedores a dizerem “Ah, mas no meu mercado é impossível criar uma lista!…”

E isto é absolutamente errado…

 

 

Então quero deixar-te aqui o Episódio #47 do Podcast KIAI Marketing Secrets onde explico como é que uma empresa de transportes pode construir a sua lista.

Ouve nas plataformas:

iTunes (iPhone) | PodBean (Android) | Spotify

Começa já a construir a tua!

Um abraço cheio de força, cheio de energia e acima de tudo com muito KI,

Ricardo