O Sucesso do dia para a noite que levou 20 anos! – Paula Abreu – Parte II


A conversa com a Paula Abreu continuou e na realidade podíamos ficar dias a falar de tanta coisa…

Portanto eu continuei com as perguntas… E claro a Paula com respostas maravilhosas…

E falamos de ensino comprovado, da experiência da Paula enquanto escritora e da sua facilidade em escrever copy, do futuro do marketing e do seu futuro…

Uma coisa que a Paula diz no que toca a educação e aprendizagem de marketing digital e na qual eu insisto, é na necessidade de aprendermos com alguém que realmente pratica, e que faz dinheiro com essa execução, porque tem sucesso e por isso comprova o seu conhecimento, e não alguém que faz dinheiro apenas com aquilo que ensina e não pratica. A Paula diz, então, que se for esse o caso de alguém começar a ensinar algo sem o praticar então tem de ser frontal e explicar precisamente isso.

Claro que eu que estou no processo de escrever um livro tinha de perguntar se ela tinha algumas dicas…

Ao que ela começou de imediato por responder que escrever e ser escritora era algo que tinha nascido com ela…

Mas não se ficou por aqui na sua resposta…

Desde de pequena que a Paula escrevia, que já se intitulava como escritora. Hoje ela procurar estimular as suas alunas a descobrirem as suas medicinas invisíveis da mesma forma que a escrita é a medicina invisível da Paula. Ela explica que é engraçado como quando começamos a pensar naquilo em que somos bons, não sabemos explicar porquê, simplesmente somos… E acreditem eu estou a perceber isso agora com os meus filhos.

Mas ela continua que é exactamente por este motivo que até agora nunca fez um curso sobre escrita, por isso significa perceber o que faz com que a sua escrita, o seu processo seja tão bom. Significaria documentar tudo e perceber e criar processos que se encaixassem naquilo que ela faz para que os pudesse explicar.

E foi neste preciso momento em que ela explicava porque ainda não tinha curso para ensinar as suas alunas a escrever que largou uma bomba! Ela vai lançar um programa intitulado “Viver de Livro!”

Até lançar ainda anda a fazer sentido do seu processo. Diz que este é uma mistura entre algumas coisas mais pensadas e outras mais caóticas, mais espirituais porque ela conecta-se enquanto escreve com aquilo que está a escrever. E que é, por isso, que quando começar a ensinar a escrever, pretende primeiro ensinar as pessoas a se conectarem com a sua vitalidade, para que essa energia possa agir sobre eles…

Depois, irá explicar como construir um esqueleto/estrutura, no fundo, um overview – com a introdução, os pontos principais e depois uma conclusão.

Mais uma vez ela volta a apontar como algo tão básico como uma estrutura e um overview é tão essencial. Porque isto permite que a história tenha sempre uma linha condutora e que o leitor perceba a sua jornada e entenda que vai acabar em algum lugar.

Afinal tudo aquilo que não queremos é um livro com um óptimo conteúdo, mas totalmente desorganizado, ora andamos para a frente ora para trás.

No fundo a Paula está a trabalhar na sua Framework e vai explorá-la com as suas alunas em dois workshops de imersão que vai dão no próximo ano, por isso fica atento.

Qual estando eu a escrever um livro tinha mais curiosidades, perguntei de imediato qual foi o impacto dos livros no seu marketing…

A Paula respondeu de imediato: Autoridade e posicionamento!

Avança dizendo que possivelmente o posicionamento que um livro nos dá só pode ser comparável com um grande lançamento ou com um grande evento ao vivo. Mas se calhar o evento ao vivo é uma autoridade mais momentânea, enquanto um livro está sempre presente.

Por ordem ela considera:

1- Livro

2- Evento ao vivo, cheio de fotos com as várias pessoas

3- Um lançamento grande, com todos os anúncios, muitas pessoas a falar de ti

A autoridade do livro também te vai permitir cobrar mais pelos teus serviços. Aliás a Paula refere que está sempre no Top of Mind das pessoas sempre que falamos em Coaches no Brasil e que acredita que os livros têm um impacto muito grande nisto.

Agora já vimos que a Paula não só sabe escrever como sabe utilizar o marketing para vender aquilo que escreveu.

É aqui que voltamos ao que a Paula já tinha dito que quando decidiu se dedicar à escrita em 2012. Quando tomou a decisão ela sabia que não era fácil viver da escrita. Então tendo isso em mente ela começou a pensar o podia fazer para ajudar a promover o seu livro. Porque deixar que a editora coloque lá o livro na prateleira não funcionava e não suficiente…

Começou a pensar o que poderia fazer para utilizar o online para promover o seu livro. Antes de tomar esta decisão ela já tinha escrito um blog entre 2001 e 2011, diariamente mais que uma vez ao dia, aliás a Paula teve um blog que ganhou vários prémios.

Durante os 10 anos em que escreveu para a internet, aprendeu a linguagem que funciona no mundo online.

Sim, o copy certo, que parece muito fácil de escrever porque é como se fala, mas que na realidade é muito difícil de se escrever. E começou a utilizar tudo o que tinha aprendido com o blog enquanto partilhava a sua caminhada e assim ganhava visibilidade…

Para fechar a conversa, pedi que nos desse a sua opinião sobre o futuro do Marketing. Ao que ela foi mais uma vez extremamente autêntica!

Segundo a Paula, na sua generalidade Portugal parece estar para ai 10 anos atrasados, e a verdade é que não é mentira… Então, da mesma forma que eu ela aconselha a que todos comecem a implementar aquilo que estão aprender no KIAI Digital Framework, aquilo que encontram, aquilo que vai ser partilhado no KIAI Live 2020 para se diferenciarem das outras pessoas… Que principalmente para os portugueses a Europa era um mercado a pensar, porque muitos países também estão atrasados

Porém, embora tenhamos que começar o mais cedo possível, a Paula alerta para a contínua tendência do mercado do marketing digital em se profissionalizar. Hoje existe uma exigência está cada vez mais a deixar para trás o amadorismo, a falta de consistência e a falta de comprometimento.

Ela explica que pensa que vai ser muito difícil para quem não tem um mentor, um professor ou um coach para se estabelecer no mercado, no futuro. Alguém que tenta que nadar sozinho contra a maré, e a tentar inventar a roda terá muito poucas probabilidades de sucesso.

Ela alerta ainda que o existirão alterações a nível tributário. Até aqui o governo não entendia o verdadeiro poder do digital e o quão lucrativo este é. Hoje, até o pão as pessoas compram online e a quarentena afastou o medo que as pessoas tinham de comprar online. O ensino online sofreu outro boom. Ou seja, haverão mais clientes, haverão mais concorrentes e, por isso, mais impostos vão ser aplicados fazendo com que se torne menos lucrativo. Há que aproveitar enquanto esses impostos não chegam…

Por isso, vais aproveitar e colocar todos os ensinamentos que encontras nos nossos programas, nas nossas redes, totalmente gratuitos, para meter as mãos na massa?!..

 

Se queres ouvir a Paula e aprender mais com ela garante o teu lugar neste KIAI Live 2020. Vê os outros palestrantes de renome internacional que vão estar presentes e sabe tudo em Kiailive.com .

Um abraço cheio de KI,
RT