De advogada a marketeer: A história de sucesso da Paula Abreu – Parte I


Hoje temos uma convidada muito especial, que já conheço desde 2017, ela é uma pessoa referência no Brasil e na realidade no mundo inteiro: Paula Abreu!

Fui perguntando à Paula como mudou de carreira… Sim porque a Paula era uma advogada reputadíssima, e mudou a sua vida para o mundo do coaching e do Marketing.

Perguntei ainda como tinha acontecido este clique, o que tinha acontecido para ela mudar de carreira e como se tornou uma coach de renome e uma marketeer gigante, e a importância de ter tido os mentores correctos nesta caminhada.

E ela respondeu a tudo!…

A Paula é do Rio de Janeiro, viveu maioritariamente nesta cidade tirando um ano em que foi fazer mestrado no Estados Unidos e 4 anos em que viveu em São Paulo.
Foi advogada durante 13 anos, mas aquele não era o seu sonho e sabia que não era para aquilo que estava destinada.

Ela queria outra coisa… Queria ser escritora!

Mas claro estava, tal como acontece muitas vezes em Portugal ela sempre ouviu dizer que não seria capaz de viver da sua escrita, então na hora de tomar a decisão sobre o que iria fazer da sua vida seguiu advocacia. Enquanto foi advogada ela escreveu dois livros, naquela correria de acordar às 4 da manhã e escrever ainda antes de ir para o trabalho…

Mas pronto como a Paula diz o nosso chamamento é algo que é sempre presente na vida e que se vai manifestando e o dela também assim aconteceu. Já infeliz com a carreira aconteceu algo que fez com que pensasse que aquele era o momento, quase como se a vida lhe tivesse a dar o impulso que ela precisava.

A firma onde ela trabalhava foi vendida a um novo grupo e várias pessoas estavam a ser dispensadas, incluindo ela, com um cheque lhe permitia viver durante um ano se ela começasse a cortar em algumas despesas e diminuísse o seu estilo de vida.

Depois de ler o livro do Tim Ferris: “Trabalhar 4 horas por dia”, que pede para que pensemos no pior cenário que pode acontecer. A Paula começou a pensar… O pior cenário seria não conseguir vender os seus livros e ter de voltar para a advocacia e, isso era tranquilo, porque com o seu currículo num período de um mês seria capaz de encontrar trabalho.

E qual seria o pior cenário se não voltasse ao mundo da advocacia? Teria de sair do Rio de Janeiro, como sabia falar inglês poderia ir para uma cidade no interior do nordeste da Baia e arranjar um emprego numa pousada, que lhe desse eles um quarto para ela e para o seu filho e viver uma vida simpática, onde ia estar sempre a conhecer pessoas novas do mundo inteiro e enquanto isso podia continuar a escrever. Não ia fazer o dia inteiro algo que queria fazer, mas não era assim tão mau…

Então agarrou a oportunidade, e começou a documentar toda a sua jornada no Facebook, que em 2012 era a plataforma de referência. Ela contava como tinha mudado de carreira, como teve de realmente pensar o que era importante e de simplificar a vida…

À medida que começou a explicar toda a sua jornada as pessoas começaram a pedir que desse sessões de coahing e chegou mesmo a um ponto em que tinha mais de 200 pessoas na sua lista de espera. Ela era uma coach novata com uma agenda maior que muitos coaches bem estabelecidas.

Então como é que o marketing entrou na sua vida?

Depois as pessoas começaram a ficar curiosas como é que eu arranjava clientes através do Facebook. A verdade é que quando começou ela não tinha site, não tinha logo, tinha apenas a sua página onde partilhava a sua jornada de forma muito autêntica e verdadeira.

Foi aí que entrou para a academia do Brendon Buchanrd a High Performance Academy. E decidiu criar um programa online de coaching, na altura não existia nenhum no Brasil e ainda hoje só existem pontuais ou nichados. Então começou a pensar se era porque não havia mercado, mas decidiu tentar e em 2013 eu lançou uma versão beta do seu curso para testar se seria bem aceite.

Percebeu que funcionava e então queria começar a lançar….

Na altura eu não tinha dinheiro para comprar o curso do Jeff Walker, então começou a ver todos os vídeos gratuitos que estavam na net e apontar cada frase e cada ensinamento.

Fez uma espécie de engenharia reversa dos vários players do mercado, pegou na estrutura dos lançamentos, desenhou todos os passos e o escreveu o seu copy e lançou.

Ela tinha uma lista de lançamento pequena de 1200 pessoas e nesta altura já tinha um site e assim conseguiu fazer 270 mil reais em 2014 Janeiro.

E o seu pensamento depois destes resultado maravilhoso foi impressionante…

Ela começou a pensar que pensar se tinha conseguido aquele resultado imagina se ela tivesse estudado com os melhores. Então claro que investiu todo aquele dinheiro para estudar com os melhores, finalmente tinha a possibilidade.

Dedicou aquele dinheiro aprender. A verdade é que este lançamento também lhe permitiu perceber que ela poderia gerar dinheiro “on demand”…

Então sem medos comprou o PLF, o Expert Academy, viajou para os EUA e investiu nela própria. Quando se vai a um evento ou se faz um curso é um investimento, claro que se o fizeres tirares um monte de notas e não aplicares nada então é um custo, mas se tiveres disposto a pôr em prática, fazer uma lista das acções onde vais implementar tudo o que aprendes então podes ter a certeza que é um investimento. A Paula é exemplo disso.

Com o conhecimento que adquiriu lançou novamente em Maio e facturou 500 000 reais e depois em Agosto fez 600 000. Ela que tinha aberto o seu programa de membership a dizer que iria mostrar o seu percurso, tudo o que resultava e não resultava, e como conseguir facturar 100 000 reiais num ano, agora já tinha conseguido facturar mais de 1 000 000 de reais.

Em 2015 fez mais de 1 milhão com o seu primeiro lançamento do ano e foi o primeiro 7 em 7 no Brasil e na America Latina feito por uma mulher.

Isso atirou-a para um patamar de excelência no que toca ao marketing digital, não só no Brasil e ainda assim ela continuava a pensar que não sabia nada de marketing e que apenas tinha seguido os passos que havia aprendido e que deu certo.

Claro que não era bem assim. Eu próprio digo muitas vezes que são as bases o segredo do sucesso de muita gente. Mas a verdade é quando de ter feito o seu primeiro lançamento em 2013, a Paula tinha criado conteúdo de valor a documentar a sua jornada desde o início de 2012. Ela tinha um ano e meio de conteúdo totalmente gratuito cheio de valor antes de vender. Isso aliado a umas bases fortes e bem feitas, um copy bem escrito foi o que garantiu o seu sucesso. Aliás, ela diz que volta sempre a fazer o que é mais básico, claro que bem feito, sempre que sente alguma dificuldade como agora na quarentena.

Ela refere ainda outro ponto, um ponto que eu também sinto com muitas das pessoas que chegam até mim. Que no marketing as pessoas impõem-se muitos limites muitos requisitos (site, equipa, logo), em vez de avançarem logo.
A verdade é que começar a pôr em prática desde cedo todos o conhecimento que se vai adquirindo pode ser a melhor estratégia. Mesmo para aqueles que são perfeccionistas….

Ninguém consegue fazer o plano perfeito, porque mesmo o plano mais perfeito é um plano que vai ter de sofrer ajustes. Então o verdadeiro perfecionista é aquele que pega em algo e começa por implementar, porque pretende errar o mais rápido possível para poder aperfeiçoar o mais rápido que poder…

Para finalizar ela ainda fala da importância dos mentores na sua vida. De como eles podem acelerar a nossa jornada e da importância do mentor que não tem apenas acesso a conhecimento mas também um conjunto de processos e procedimentos, que vão permitir acelerar todas as áreas do negócio.

 

Mas não te fiques por aqui, a Paula Abreu vai estar connosco neste KIAI Live e tu podes ver tudo sobre este que é o maior evento de marketing em Portugal em Kiailive.com .

Vê ainda o Episódio #88 do Podcast KIAI Marketing Secrets, onde falo sobre a importância dos mentores e de te rodeares de pessoas que te desafiam.
Link para Podcast iTunes | Link para Podcast Android | Link para Podcast Spotify

Um abraço cheio de KI,
RT