5 dicas para os teus clientes encontrarem-te no Google!


Falar com o Neil Patel é falar com uma verdadeira fonte de conhecimento.

Por isso, e sendo ele um verdadeiro especialista em SEO, eu perguntei-lhe quais são as 5 coisas que um empreendedor tem de fazer para melhorar o alcance do seu site:

Então deixo-te aqui as 5 dicas que ele me deu:

1- Actualiza o teu conteúdo. Segundo o Neil se queres que a tua página ou as diferentes páginas do teu webiste melhorem o seu alcance então tens de actualizar essas páginas. Actualiza o conteúdo que tens nessas páginas, pelo menos duas vezes por vez, ou pelo menos das páginas do teu site que que tenham uma melhor performance. Mas quando ele fala em actualizar não se refere a mudar uma foto ou outra, ele refere-se a manteres os teus posts relevantes e actualizados, adicionando novas informações, tornando-os melhor.

2- Pesquisa as Keywords a utilizar. A maioria das pessoas escreve sobre aquilo que acha que as pessoas querem ler. Baseiam-se naquilo que gera partilhas nas redes sociais e em backlinks e depois descobrem que aquilo que as pessoas procuram no Google é algo totalmente diferente. Por isso, tens de escrever conteúdo que além de gerar partilhas e backlinks também corresponda ao tipo de conteúdo que o Google prefere, como os vídeos de how-to’s e os passo-a-passo.

3- Links. Tens de construir links até porque não os queres comprar à Google. A maneira mais fácil de construir links é com software, mas nem todos somos produtores de software, então podes ir a lugares como o Codecanyon e agarrares um software gratuito ou num software por 10/20/30€ que permita que coloques a tua marca e coloca-o no teu site. Depois libertas esta ferramenta de forma gratuita.

4- Métricas de Utilizador. Tens de estar atento às métricas do utilizador, tais como: as pessoas que saem da página, onde clicam, qual a taxa de cliques, etc… Então, pensa em fazer um teste A/B para tentares melhorar a experiência do teu utilizador, incluindo a optimização das tags e dos teus títulos. Assim que as tuas métricas de utilizadores melhorarem, vais ver que ao longo do tempo o teu tráfego também vai aumentar.

5- Sorte. Pois é o Neil Patel diz que a sorte também é um fator importante. Isto porque inevitavelmente o teu tráfego vai subir e descer, afinal existem cerca de 8 alterações diárias ao algoritmo e, isso, por vezes vai-te afetar positivamente e outras negativamente. Por isso, quando notas que o teu tráfego desceu vai ver especialmente as páginas em que desceu, tenta percebeu o que essas têm de diferente das outras. Actualiza-as. Vai ver quais são os concorrentes que estão no topo, pelo menos os 10 primeiros, e vê como como são as suas páginas. Melhora as tuas para que sejam melhores que as da tua concorrência.

Mas a conversa não ficou por aqui…

Perguntei qual o maior erro que as pessoas cometem!

Ao que ele disse que dependia do mercado, mas se tivesse que escolher um seria o facto de as pessoas não actualizarem as páginas. Ou seja, elas continuam a produzir conteúdo e até têm muito conteúdo, mas esquecem-se de actualizar as páginas e utilizarem o conteúdo que já têm a seu favor, mantendo-o sempre relevante e adaptando-o. Porque a verdade é que existem biliões de websites online e até 7 blogs para cada pessoa online, por isso talvez aquilo que as pessoas precisem não seja de mais conteúdo, mas sim conteúdo relevante.

Decidi então convidar o Neil para um jogo, em que eu dizia uma expressão e ele dizia a primeira coisa que lhe vinha à cabeça. Foi no meio deste jogo que chegamos a um tópico interessante…

Sabias que o Neil não tem um produto digital?!

Pois é!…

Imagina… Ele podia estar a ganhar milhões!

No meio desta discussão começamos então a falar de lançamentos…

Mais uma surpresa!

O Neil só fez um lançamento, no qual arrecadou logo 1 milhão de dólares.

Estás a ver onde quero chegar?!

Ele por certo que podia estar a fazer vários milhões em lançamentos e com produtos digitais….

Eu que adoro lançamentos e acredito no verdadeiro poder dos lançamentos, comecei a explicar que se aquele foi o primeiro que a partir dali seria sempre a crescer. Porque esse é um dos poderes do lançamento se for bem-feito todos os lançamentos tendem a ser maiores.

Falei como o meu amigo Stu McLaren acabou de fazer um lançamento do seu produto digital e facturou $9.000.000, e que o meu amigo Ryan Lavesque facturou $4.000.000 no seu último lançamento.

Claro que ele me perguntou logo sobre os afiliados…

Eu expliquei logo que no caso do Stu os seus afiliados eram na maioria os seus alunos, o que também conferia alguma prova social. Afinal eles obtiveram os resultados e agora podem contar a sua história sobre como o programa do Stu os ajudou. Expliquei ainda que quando se faz um lançamento de parceiros o investimento em anúncios é menor, investe-se na construção das relações com os parceiros, por isso as coisas balançam-se.

Mas que por exemplo o Erico Rocha no Brasil, estava a fazer as duas coisas, investir em parceiros e em tráfego e que estava com resultados excelentes. Cerca de $5.000.000 por lançamento e ele lança 6 vezes ao ano.

E claro também tinha que falar do meu caso. Num mercado tão pequeno, como o português, estamos quase a chegar a um milhão euros.

Bem não podíamos falar em Portugal e não falar em futebol…

Foi então que lhe perguntei se ele conhecia o Ronaldo? Mas mais importante se ele sabia que ele tinha um mindset como o nosso: querer ser o melhor e colocar tudo de si naquilo que faz.

E mais uma vez a resposta dele surpreendeu-me…

O Neil refere que aquilo que o move nem é o desejo de ser o melhor. É sim, o desejo de vencer!

E de maneira a começar a terminar esta conversa questionei como é que ele via o futuro do marketing nos próximos 5 anos.

Bem e que resposta?!… Foi uma bela de uma senhora resposta!

Ele explicou que vê o mundo online e o mundo offline a colidirem.

Basta pensarmos como cada vez mais a Alexa e a Google Home estão a evoluir, aliás ele até diz que a mulher manda vir várias coisas para casa através da Alexa sem recorrer já a qualquer telefone ou computador e que mais de 50% das pesquisas no Estados Unidos já são feitas através de sistemas de voz….

Impressionante, não é?!

Na Europa, estes sistemas ainda não são tão utilizados…

A verdade é que a realidade de entretanto ser o teu frigorifico a fazer encomendas, automaticamente, por ti não é assim tão distante.

Então ele convida-nos a imaginar que somos um produtor de lacticínios, como é que fazes para que o frigorifico compre os teus produtos em vez de comprar aos produtos dos concorrentes…

Já alguma vez tinhas pensado nisto?!….

E para fechar falamos sobre os conselhos que ele daria a um empreendedor para crescer o seu negócio.

E, claro, sendo ele um poço de conhecimento deu logo dois:

1. Escolher trabalhar em algo que adoras. E a explicação é obvia, se tiveres a trabalhar em algo que detestas não vais ter vontade. Enquanto que quando trabalhas em algo que adoras, até parece que tens mais tempo e que és sempre capaz de arranjares tempo para ti, para o teu negócio e para a tua família.

2. Ser consistente. Ele explica que ninguém é um sucesso de uma noite para a outra, há todo um caminho que leva a o seu tempo e que durante esse caminho tens sempre de tentar melhor e continuar em frente. Crescer é um trabalho árduo. Aliás ele até refere que um negócio demora em média 3 anos a ganhar tracção e 5 a atingir um bom tamanho.

 

O Neil Patel vai estar connosco na edição deste ano do KIAI Live 2020! Se queres saber mais sobre este, que é o maior evento de marketing em Portugal, e garantir que assistes à palestra do Neil e à palestra de muitos outros oradores incríveis vai a: https://www.kiailive.com

Um abraço cheio de KI,
RT